Angola Caminha para uma Economia de Mercado Aberta ao Mundo

Angola Caminha para uma Economia de Mercado Aberta ao Mundo

A ministra do Comércio, Rosa Pacavira, disse que Angola caminha para uma economia de mercado aberta ao mundo, com a aprovação do novo quadro jurídico de investimento privado, virado à melhoria do ambiente de negocio e subsequentemente ao crescimento robusto da economia.

Falando no final da Conferência Internacional de Promoção de Investimento para a província de Malanje, realizada de 21 a 23 deste mês, Rosa Pacavira realçou que as linhas mestras da política do investimento privado reflectem a opção de Angola em enveredar por uma economia de mercado, como melhor meio de promoção de crescimento económico e da repartição da riqueza.

Recordou que a nova lei reguladora de investimento privado define critérios para sua distribuição e aponta os sectores da agricultura, pecuária e indústria transformadora como merecedores de incentivos.

Acrescentou que neste novo quadro jurídico, a lei aponta que devem merecer de incentivos os investimentos que estimulem o crescimento económico, que promovem as regiões mais desfavorecidas e que aumentam a qualidade produtiva fundamentalmente para exportação de matérias-primas locais.

Sublinhou que em 2014, Angola posicionou-se no segundo lugar com maior destino africano de investimento estrangeiro, com 16 mil milhões de dólares.

Reconheceu que o país possui uma infinidade de recursos naturais no seu subsolo, para além de dispor de rede viária e ferroviária em bom estado, e está doptado de infra-estruturas portuária excelentes para se converter numa plataforma logística de importância estratégica para região austral e central do continente africano.

O encontro contou com a participação de 300 pessoas, entre entidades governamentais, empresários e das embaixadas das Repúblicas da África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Brasil, Cabo-Verde, Canadá, China, Espanha, EUA, França, Gana, Holanda, Índia, Indonésia, Israel, Itália, Japão, Portugal, Reino Unido, Turquia e Zimbabwe.

Participaram ainda na conferência grandes empresas nacionais, com destaque para a Sonangol, Endiama, Gesterra, Sodepac, Biocom, Unitel, Movicel, Angola Telecom, Bancos comerciais, Bda, Taag, Cfl, Cam, Fazendas Pungo Andongo, Pedras Negras, Citic, SynoHidro, Shoprite, Kero, Conduril entre outras.

0 Comentários

Deixe um Comentário

  • Was this helpful?

  • No Very
  • Enter Word Verification in box below •

    Captcha Image

Sobre Nós

A representação do Consulado Geral de Angola abrange nove Estados arnericanos, desde do Sudeste ao Sudoeste dos Estados Unidos, nomeadamente os Estados da Alabama, Arkansas, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Florida, Georgia, Louisiana, Mississippi, Novo Mexico, Oklahoma, Tennessee e Texas.

Phone: 1-713 212 3840

Nossa Equipe

Copyright © 2015 | Elite Management Solutions